Alma Gêmea e Afinidade – Reflexões Masculinas

mar 25 2018

Alma Gêmea e Afinidade

afinidade

Almas gêmeas existem? O que significa aquela conexão que você sente com determinada garota?

Clique e descubra. 

Coisas Inexplicáveis

Tem pessoas que, mesmo que nunca tenhamos conversado com elas, parecem que sentimos alguma ligação, uma espécie de afinidade que não sabemos como explicar sua origem. Seria ligações de almas ou o que?

E aquela menina que nunca falou contigo mas que você sempre a flagra te olhando e que parece estar em todos os lugares em que você também está? Aquela que está lá no cantinho, sabe? O que ela quer afinal?

Pode ser também aquela amiga que se destaca dentre todas as demais, aquela que parece brilhar e que, quando os olhos cruzam com os seus, o contato fixa-se por frações de segundo suficientes para você captar que rolou uma espécie de magnetismo entre vocês.

Seriam sinais dela para você? Ela sente o mesmo? O que, afinal, está acontecendo?

A Aura

Se você é uma pessoa que acredita que além do corpo físico existe algo mais, provavelmente imagina que ele seja animado pelo o que costumamos chamar de alma ou de espírito.

Pois bem, o corpo animado por um espírito emite vibrações que os espiritualistas costumam chamar de campo vibratório, popularmente conhecido como aura.

Você já deve ter ouvido falar que o céu ou o inferno estão dentro de você mesmo, e isso tem muito a ver com a faixa em que você vibra. Vibrações mais tênues e elevadas têm afinidade, obviamente, com as coisas belas, sagradas, enquanto que vibrações pesadas afinam-se com coisas negativas.

A mesma coisa ocorre com os grupos de pessoas, que unem-se ou repelem-se de acordo com a faixa vibratória de cada um. E “sentimos” afinidade ou repulsa por outras pessoas no momento em que nossos campos vibratórios se esbarram, explicando, portanto, porque essas sensações ocorrem mesmo que nunca tenhamos trocado qualquer palavra com elas.

Para não entrar (mais) no campo das crenças, não vou discorrer sobre lembranças do passado (reencarnação) ou coisas do tipo. Acho que até aqui conseguimos mostrar uma lógica sem interferir nas crenças de cada um, pelo menos nos que acreditam que exista algo além da matéria.

Retomando, vamos falar agora sobre conexão.

Afinidade e Conexão

Até aqui, você deve ter entendido que é importante que haja sintonia entre as pessoas para que alguma coisa positiva possa acontecer, e claro que agora estamos falando sobre sedução.

Após ter abordado uma garota, os manuais dizem para buscarmos estabelecer o rapport, ou seja, a conexão, a harmonia com ela. E, se não houve de imediato esse magnetismo entre vocês, é pela conversa que vocês irão desenvolvendo essa afinidade.

Aqui entram as técnicas de influenciação, de espelhamento e rotinas que levam ao conforto, ao bem-estar, para que as defesas sejam desarmadas e vocês possam, enfim, entrar em sintonia um com o outro.

Mas conexão é interesse emocional, sexual, é amor enfim?

Quebrando a Conexão

Respondendo à pergunta acima, não, conexão não significa interesse, apenas afinidade, bem-estar, sentir-se bem na presença da outra pessoa. Somente isso.

Manter-se nesse estado com a garota vai acabar dando em Friend Zone, nada mais. Por isso, é imperioso que num determinado momento o conforto seja quebrado através da geração de tensão sexual, para que enfim comece o processo de sedução propriamente dito.

Ela precisa te ver como a um parceiro sexual, o que não é possível se a relação estiver caminhando para apenas uma amizade.

Homens apaixonados, que têm medo de “estragar a amizade” e perder o contato, ficam patinando exatamente neste ponto, pois não têm coragem de interromper o conforto e serem mais sexuais com a amiga que amam. E, pode acreditar, este é o passo mais importante e que provavelmente ela mais espera que você dê!

Para Finalizar

Se você não acredita em espiritualidade, magnetismo, aura, energia e essas coisas, vai precisar procurar suas próprias explicações. Gostaria até que as comentasse abaixo para enriquecer o assunto e ajudar aqueles que pensam como você.

Porém, se você achou que isso o que escrevemos tem lógica, deve ter compreendido o mecanismo da coisa.

Eu não vou responder às questões do início do post, mas deixar que cada um busque suas respostas, apoiando-se ou não no que escrevemos.

A única coisa que penso ser importante frisar é que, após um tempo do conforto estabelecido, você o quebre para poder avançar para a fase da sedução através da tensão sexual. Eis o que verdadeiramente importa reter deste artigo.

Afinidade é algo muito gostoso, bonito, mas é incompleto se você imaginar que poderia estar transando com uma mulher com a qual você sente essa conexão.

Deixe de lado o romantismo sonhador, platônico, apenas idealizado, e seja como o romântico Don Juan que, sendo um sedutor nato, e vibrando como tal, conectava-se às mulheres também, e principalmente, através da carne!

Um forte abraço!






Gostaria de acrescentar algo? Comente abaixo: