nov 29 2017

Neil Strauss, o Style

neil strauss style

Neste post, vamos contar um pouco da história de Neil Strauss, o Style, um dos maiores Artistas da Sedução do mundo.

O que ele fazia antes? O que faz agora? Como se tornou o maior PickUp Artist do mundo em sua época? Confira aqui sua trajetória e, de quebra, baixe seu mais famoso livro, O Jogo, a Bíblia da Sedução

Antes do PickUp

Neil Darrow Strauss, ou simplesmente Neil Strauss, é um escritor, jornalista e ghostwriter norte-americano, nascido em 9 de março de 1969 em Chicago, Illinois, nos Estados Unidos.

Desde os tempos de escola, ele já demonstrava aptidão para a escrita, onde começou escrevendo para uma revista de vanguarda chamada Ear e editando seu primeiro livro, Radiotext, uma coleção de escritos relacionados ao rádio voltado para o público independente.

Antes de se tornar conhecido no mundo da sedução, Strauss fez desde edição de textos até verificação de fatos antes de se tornar um repórter e crítico regular.

Em seguida, foi convidado para escrever como crítico de música no The New York Times, numa coluna chamada Pop Life, tendo feito também algumas matérias de capa sobre censura musical, rádio Payola (uma espécie de rádio pirata), entre outros temas mais.

Obtendo destaque no jornal, Strauss recebeu novo convite, agora para a revista Rolling Stone, tendo escrito matérias de capa sobre Madonna, Tom Cruise, Marilyn Manson, Kurt Cobain, entre outras personalidades.

Foi inclusive cobrindo o suicídio de Kurt Cobain para a Rolling Stone e escrevendo sobre o perfil de Eric Clapton no The New York Times que ele ganhou o prêmio ASCAP Deems Taylor de crítica musical.
Strauss também colaborou em diversas outras revistas , bem como em álbuns de vários artistas, como a banda Nirvana, por exemplo.

Atualmente, ele continua trabalhando para o The New York Times e para a Rolling Stone.

A dificuldade com as mulheres

Se a carreira como crítico e editor musical ia de vento em popa, o mesmo não acontecia quando o assunto era mulher. E fica fácil entender o porquê:

neil strauss antes

Strauss comenta em seu livro O Jogo, disponível para download no final deste post e na página de downloads, um pouco sobre sua aparência, queixando-se de sua baixa estatura, de seu nariz, dos óculos e de seus cabelos, que tinhas “apenas alguns tufos cultivados com tônico capilar cobrindo o alto do meu crânio, como arbustos secos”.

Ele escreve ainda que, olhando para seu corpo franzino e pálido, ele se pergunta porque alguma mulher iria querer abraçá-lo ou dormir ao lado dele.

Ele confessa que, por sua aparência, conquistar uma mulher dava muito trabalho, pois ele não tinha nada a oferecer que não fosse sua mente, e isso ninguém pode ver. Ele não era um astro do rock, nem um magnata, nem um grande famoso, nem nada.

Ainda que tivesse saído em turnê com Marilyn Manson e com o Mötley Crüe para escrever seus artigos, nem acompanhando-os e tendo acesso exclusivo a seus camarins, conseguiu ganhar sequer um beijo de alguma das milhares de fãs, enquanto os artistas e outros caras da equipe caíam na farra.

Em sua vida até aqui, quando ele tinha alguma sorte, conseguir uma transa rápida era a única trepada que conseguia em dois anos, e sabe-se lá quando seria a próxima.

Descobrindo o mundo da sedução

Foi através de um telefonema sobre trabalho que Neil ouviu falar sobre técnicas de sedução. Um editor havia lido um artigo na internet que era uma compilação de ensinamentos de artistas da sedução que trocavam experiências entre si há quase uma década. Ele queria que esse conhecimento fosse reorganizado e reescrito, transformando-se numa espécie de livro de autoajuda, e achou que Strauss seria o cara ideal para fazê-lo.

À princípio, Strauss estranhou aquilo, afinal, ele gostava de escrever literatura e não aconselhar “adolescentes excitados”, como disse no livro. Mas, assim que começou a ler, ele comenta que sua vida mudou. Mudou mais que qualquer outro livro que já havia lido. E mudou não tanto pelas informações, mas para onde elas o levariam.

Neil logo achou que conversar com os Artistas da Sedução somente pela internet não seria o suficiente para mudar os longos anos de fracassos, e foi assim que ele resolveu se inscrever num workshop ministrado por Mystery. Disse ainda que gastar os 500 dólares nesse curso não foi a causa da qual mais se orgulha na vida, afinal, evidenciou o quanto ele era incompetente nessa área.

Nasce o Style

Assim que se apresentou ao curso, ele, como outros caras, passaram por uma transformação visual. Mystery reestilizou todos eles aplicando um conceito que ele chama de “pavoneamento”, que consiste em roupas e adereços que chamam a atenção. Os ramos secos de cabelos deram lugar a uma careca lustrosa, e para desviar a atenção dela, foi deixado um cavanhaque.

Como sua aparência acabou ficando “estilosa”, Mystery logo o apelidou de Style, codinome que utilizou nos dois anos em que saiu à campo para aprender tudo sobre sedução.

Toda a sua trajetória com os PickUp Artists foi relatada em O Jogo, A Bíblia da Sedução – Penetrando na Sociedade Secreta dos Mestres da Conquista.

O Jogo

Escrito em 2005, ele conta toda a saga da transformação de Strauss em Style sob a tutela de Mystery. Ele documenta suas experiências com PUAs (PickUp Artists – Artistas da Sedução) como o próprio Mystery, Steve P, Rasputin (Hypnotica), Ross Jeffries, e também com celebridades, como Britney Spears, Tom Cruise e Courtney Love.

Style mostra na prática a aplicação dos conceitos do Mystery Method, e em como ele conseguiu se desenvolver num tempo relativamente curto.

Tendo colhido experiências com os mais diversos PUAs e analisando e fundindo suas técnicas, enquanto Mystery passava por um momento pessoal bastante turbulento , Style se transformou no maior Artista da Sedução da época.

Após dois anos de aprendizados e experiências práticas, Style acho que era hora de se aposentar do mundo da pegação e seguir com a vida, ou “vencer o jogo”, como ele escreveu.

O Jogo ficou por um mês no topo da lista de best-sellers do New York Times e também da Amazon.com logo após o seu lançamento.

Strauss apareceu em vários programas de TV e de vários lançamentos de livros, com intenção de adaptação às telas feita pela Spyglass Entertainment através de Dan Weiss (produtor de Game of Thrones).

Vida após o PickUp

Assim que se aposentou e lançou o livro, Strauss viveu um relacionamento com Lisa Leveridge, guitarrista da banda feminina The Chelsea, de Courtney Love. Esse namoro durou até 2006.

Neil Strauss também dirigiu alguns trabalhos, inclusive na HBO, lançou um jogo de tabuleiro chamado “Who’s Got Game? The Game with Benefits”, e escreveu outros livros, como “O Jogo – As Regras do Jogo” e “O Desafio StyleLife”.

Atualmente, ele tem uma empresa que ministra cursos de sedução, a Stylelife Academy, onde ele aparece eventualmente apenas em conferências ou anúncios de produtos próprios, como vídeos de cursos. As aulas são ministradas por profissionais contratados.

Em 2013, Strauss se casou com a modelo Ingrid de La O, e antes do casamento, ele realizou uma despedida de solteiro com temática de funeral, “enterrando” seu alter ego Style.

Em 2015, ele teve um filho e anunciou o lançamento de seu novo livro, “A verdade: um livro desconfortável sobre relacionamentos”, que logo se transformou também num best-seller, onde Neil Strauss conta suas lutas para manter um relacionamento com Ingrid após ter passado um período na comunidade de sedução.

Ao longo de seu trabalho como escritor, Strauss recebeu vários outros prêmios, inclusive o do Serviço de Voluntariado dos presidentes, por seu trabalho de busca e resgate durante a redação de “Emergência, este livro salvará sua vida”, aproveitando pela Rolling Stone como um plano de fuga para a atual crise mundial.

Em 2017, ele escreveu em co-produção com Kevin Hart, ator de “Todo Mundo em Pânico”, o livro “Não consigo fazer isso: lições de vida”, que logo ficou em primeiro lugar na lista de best-sellers do The New York Times.

Finalizando

Lendo a história de vida de Neil Strauss, o Style, parece que estamos vendo a saga de um predestinado.

Na verdade, Strauss era um cara bastante comum, como eu e você, e apenas aproveitou as portas que se abriram. Se tivesse ficado acomodado, receoso, com medo de se arriscar e se machucar, ele poderia ter sido ainda um editor de renome, pois é um cara inteligente, mas certamente não com o peso que seu nome tem hoje nos Estados Unidos.

Strauss, ou mais precisamente Style, é conhecido mundialmente para todos aqueles que estudam sedução, pois ele junta em seus trabalhos a habilidade da escrita com as técnicas de sedução, aliadas à sua capacidade de percepção e de análise do comportamento.

O livro mostra na prática como funciona o Mystery Method, e é leitura obrigatória para aqueles que desejam aprender a conquistar mulheres.

E, finalmente, se você deseja baixar o livro, basta clicar no link abaixo para ser redirecionado. O arquivo está compactado em formato 7z, e você poderá descompactá-lo com o Winzip ou similares. A senha para descompactação é RM

http://yamechanic.com/BpGJ

Espero que tenha curtido! Forte abraço!

2 comentários

  1. Realmente um exemplo a ser seguido. Quando comecei a estudar PUA tentei fazer o desafio dele e é realmente muito difícil, principalmente nos dias de hoje.

    1. O Desafio Stylelife é espantoso realmente, tanto pela simplicidade quanto pela profundidade, sendo ao mesmo tempo didático e transformador.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.